quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Pyre


Queria que o relógio dos anos
Renunciasse das horas
Entretendo os segundos
Nos gestos de um vôo lento.

Abraçando os passáros
Nas asas do destino,
Em constelações de planos
No infinito dos sentimentos...

Desenhando na eternidade
Os olhos desta vida
Em motivo a despertar
A mais presente das partidas

Regendo na liberdade
Assim como a um irmão
Elementos de um só anseio
Na verdade desta ilusão.
(P.M. aka Soundcell)

/me on transwave_-_land_of_freedom

2gether


/me on transwave_-_rising_high