terça-feira, 20 de abril de 2010

Neuron


Já não me limitam as dúvidas
Nem me possuem as evidências,
Pois a razão não mais causa fascínio
Nos sentidos ocultos desta existência.

Nem o tudo, ou mesmo o nada
Abrigam o segredo da vida
Apenas a imaginação semeada
Em cada liberdade mantida...

E se os sonhos nos levam
Aonde nascem as verdades,
Nas escolhas do agora, ecoam...
Caminhos eternos de brevidade.
(P.M. aka Soundcell)

/me on aerospace_-_wanna_run

Nenhum comentário: